terça-feira, 20 de maio de 2014

SOBRE BOMBA DE INFUSÃO PARTE 1

Quando olhamos em volta, para as coisas que temos em casa, percebemos que a maioria delas precisa de alguns reparos  às vezes não é mesmo?  Sem mencionar a limpeza da casa toda e de todas as coisas nela!!! Cansa só de pensar! 
E nos hospitais? Quando entramos para uma consulta, talvez pela dor que nos levou até lá, nem reparamos que eles também estão cheios de equipamentos que precisam de reparos e cuidados, afinal de contas, não são só médicos e enfermeiros que salvam vidas, muitos equipamentos eletromédicos também fazem isso, e nem sempre são lembrados pelos pacientes. E mesmo não tendo o reconhecimento merecido, as bombas de infusão estão ali, prontas para infundir medicamentos no tempo determinado e com a quantidade certa para o paciente!
Aliás, para o que serve uma bomba de infusão?

 É um dispositivo de infusão utilizado para transportar fluidos, sangue e medicamentos até órgãos vitais do paciente (acesso intravenoso), para nutrição parenteral e aplicação de medicamentos e anestésicos. O equipamento é capaz de gerar fluxo de fluidos com pressões superiores à pressão do sangue no local da infusão. O equipamento é provido de alarmes que asseguram uma aplicação mais precisa e segura mesmo em baixa velocidade e longos períodos de tempo.


Quais os tipos? (mais comuns)
A bomba de infusão da figura acima é a bomba de infusão peristáltica rotativa, que possui um mecanismo de infusão por meio de um motor que pressiona pequenos rolos contra um tubo flexível; para esses tipos de bombas de infusão é necessário um tipo de equipo especifico de silicone, como  este:



As bombas de infusão peristáltica linear possuem um mecanismo composto por diversas placas que pressionam o tubo contra um batente através de movimentos ondulatórios, o fluido é impulsionado pela pressão aplicada no tubo em posições consecutivas. Esse tipo de bomba de infusão não precisa de equipo especifico.
Veja no link, um exemplo: http://www.samtronic.com.br/

As bombas de infusão por seringa são utilizadas em infusões que precisam de uma precisão mais elevada e baixo fluxo. Neste mecanismo a rotação do motor de passo é transmitida por uma rosca sem fim que movimenta o embolo da seringa, criando uma pressão de infusão constante.



 (As bombas são da mesma marca para melhor comparação). E não se esqueça: Se gostou ou tem dúvidas, sugestões, compartilhe conosco através dos comentários.

((

Nenhum comentário:

Postar um comentário